Prevenção e higiene das mãos são abordadas no Hospital Manuel Victorino

O Hospital Manoel Victorino  promoveu na segunda-feira (27), uma capacitação para os profissionais da unidade reforçando o controle de infecções destacando a importância da higienização das mãos. De acordo com a coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, Maíra Andrade, as orientações fazem parte das ações do hospital para a melhoria na segurança dos pacientes e dos profissionais.

 “Não é uma proteção apenas para o paciente, mas também para o profissional de saúde. Com simples ato de lavar as mãos podemos evitar inúmeras infecções” disse Maíra Andrade.

Alex Coelho, enfermeiro e membro da CCIH, acrescenta que “é preciso conscientizar os nossos profissionais que a higienização das mãos é um simples ato, mas de extrema importância. Por mais que a técnica e a ciência tenham avançado, não se descobriu nada que seja tão efetivo quanto a higiene das mãos para a prevenção”. 

Além das orientações e das ações práticas sobre a higienização das mãos,  a equipe construiu um vídeo que está circulando nas redes sociais e grupos de WhatsApp, com o intuito de conscientizar a população.

Higiene das mãos

As mãos devem ser lavadas com água e sabonete (líquido ou espuma) quando estiverem visivelmente sujas de sangue ou outros fluidos corporais, quando forem expostas a potenciais organismos formadores de esporos ou depois de utilizar o banheiro. O processo de higienizar as mãos de maneira efetiva deve ser feita  friccionando com preparação alcoólica ou lavando as mãos.

As ações de higiene das mãos são mais eficazes quando a pele das mãos é livre de lesões/cortes, as unhas estão no tamanho natural, curtas e sem esmalte e as mãos e antebraços sem joias e descobertos.

Preparação Alcoólica

A maneira mais eficaz de garantir uma ótima higiene das mãos é utilizar a preparação alcoólica para as mãos. As preparações alcoólicas para as mãos apresentam as seguintes vantagens imediatas:
– Eliminação da maioria dos micro-organismos (incluindo vírus);

– Curto período de tempo para higienizar as mãos (20 a 30 segundos);

– Disponibilidade do produto no ponto de assistência;

– Boa tolerabilidade da pele;

Para cumprir as recomendações de higiene das mãos, os profissionais de saúde devem, idealmente, higienizar as mãos onde e quando os cuidados são prestados, quer dizer no ponto de assistência e nos momentos indicados, o que requer a utilização de produto alcoólico, na maioria das vezes.

Galeria de Fotos

Share Button
Onde nos encontrar?

Av. Luís Tarquínio Pontes, n° 2576 Edifício Vilas Business, Sala 503, Bairro: Buraquinho, Lauro de Freitas-Bahia, CEP: 42.709-190

E-MAIL: 

institucional@ibdah.org.br

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta: 07h às 17h

Siga-nos

© 2017 ibdah - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar.