Hospital Manoel Victorino  promove ações, no Outubro Rosa, para difundir a luta contra o câncer de mama

Em outubro, o mundo inteiro se volta para a conscientização e combate ao câncer de mama e o  Hospital Manoel Victorino promoveu ações com o objetivo de intensificar a conscientização dos funcionários , pacientes e acompanhantes à campanha do Outubro Rosa.

Nesta sexta-feira, 20 , mais um evento promovido pela direção da unidade, pelos membros da Comissão de Humanização: Psicóloga Ana Paula Tavares, Gerente de enfermagem Tauane Alencar, coordenadoras de enfermagem Luana Iglesias e Laís Figueredo, auxiliar administrativa Najara Paim e enfermeira Graziele Simões.

O Objetivo da ação é reforçar o papel de cada indivíduo como disseminador de informações sobre prevenção e cuidados para um diagnóstico precoce da doença.

A gerente de enfermagem, Tauane Alencar, destaca que as ações desenvolvidas no HMV contaram com atividades de orientação e conscientização para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama, além de tratar sobre questões para a promoção de hábitos saudáveis.

A palestrante, Euclimeire da Silva Neves, enfermeira da unidade, abordou a  prevenção do câncer de mama,  lembrando que a informação e a conscientização sobre a  prevenção é essencial. “Partimos do principio de que a campanha deve atingir a todos indistintamente, pois, cada pessoa conscientizada transforma-se em um agente multiplicador das informações referentes à prevenção do câncer”.

Para Ana Paula Tavares, psicóloga do HMV, o trabalho psicológico é também importante no tratamento dos pacientes. “O espaço psicoterapêutico aparece, tanto para os pacientes como para seus familiares, como um espaço seguro para falar dessas angústias e encontrar modos de produzir vida em meio à situação de adoecimento”, revela a psicóloga

Sobre o Outubro Rosa – O movimento Outubro Rosa, que objetiva a conscientização da prevenção do câncer de mama pelo diagnóstico precoce, é realizado em todo o mundo. Começou nos Estados Unidos com ações isoladas, como a da Fundação Susan G. Komen for the Cure, que distribuiu laços cor-de-rosa – posteriormente adotados como símbolo da campanha.

A partir de 1997, as ações foram se intensificando e passaram a ser a realizadas na maior parte dos países, com iluminação de monumentos públicos, turísticos e privados com luzes cor de rosa, a utilização de laços fixados nas roupas e acessórios e, principalmente, no engajamento da área da saúde na orientação sobre as formas de prevenção.

Cor rosa – usada nas campanhas de prevenção – tornou-se uma leitura visual compreendida em qualquer lugar no mundo, dando popularidade, de forma bonita, elegante e feminina ao Outubro Rosa e motivando e unindo diversos povos em torno dessa nobre causa.

Galeria de Fotos

Share Button
Onde nos encontrar?

Av. Luís Tarquínio Pontes, n° 2576 Edifício Vilas Business, Sala 503, Bairro: Buraquinho, Lauro de Freitas-Bahia, CEP: 42.709-190

E-MAIL: 

institucional@ibdah.org.br

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta: 07h às 17h

Siga-nos

© 2017 ibdah - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar.