Empenho dos profissionais do Hospital Regional Costa do Cacau fortalece a qualidade da assistência hospitalar

Além de contar com uma equipe profissional e especializada na assistência em saúde, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, tem funcionários empenhados e dedicados às suas funções. O que fortalece a qualidade e a humanização no atendimento aos pacientes.

O reflexo da relação respeitosa que o HRCC tem com os seus colaboradores se demonstra em cada retorno de um funcionário à unidade hospitalar e nos esforços por ofertar um serviço de qualidade para a saúde pública. Recentemente, a técnica de enfermagem, Layane Alves Nascimento, expressou o seu sentimento por sua profissão, colegas, amigos, pacientes e local de trabalho.

Nesta semana, por meio de uma rede social, Layane Alves publicou em um post onde lembra que, há um mês, recebeu a notícia do seu diagnóstico positivo para a Covid-19. A técnica de enfermagem relatou que, inicialmente, tomou um susto, por não apresentar nenhum sintoma da doença, e iniciou seu isolamento de 14 dias.

Layane descreveu que foram dias difíceis e a única coisa que sentiu foi tédio. “Com a graça do Deus que eu sirvo, não senti uma dor na unha. Fui completamente assintomática. Sempre disse a Deus que estava ali para servir e para cuidar das pessoas doentes que precisam de nós, profissionais, e que nessa pandemia eu iria me dedicar cada vez mais”, confessou.

A técnica de enfermagem chegou a se perguntar: “não entendo. Deus está precisando de tantos profissionais e eu aqui, em um quarto, trancada. Será que não tenho utilidade?” Ao terminar o isolamento, Layane disse que havia voltado para o lugar donde não deveria ter saído: o hospital. A profissional retornou ao local que tanta se dedica ao cuidado dos pacientes.

Com um propósito planejado, Layane retornou ao trabalho e está atuando na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da ala Covid-19 do HRCC. Ela relata a satisfação: “Deus hoje me colocou em uma UTI Covid. Só agora eu pude entender que Deus ouviu o meu pedido, que era cuidar mais ainda dessas pessoas que precisam nessa pandemia. Ele me trouxe aqui imune e cheia de forças para trabalhar. São momentos difíceis. A luta é grande, mas estamos vencendo”, reconheceu a técnica de enfermagem.

Layane Alves disse ainda ter ido atuar na UTI Covid-19 porque soube que a ala estava precisando de funcionários e não quis perder essa oportunidade. “É uma aprendizagem para minha carreira profissional. Temos equipamentos de proteção de ótima qualidade, nada nos falta. Infelizmente, perdemos pacientes para o Covid-19. É doloroso, mas quando vemos um paciente sair para enfermaria, depois de ter vencido dias na UTI, é muito gratificante”, afirmou.

Agradecimentos – A técnica de enfermagem agradeceu o apoio de todos. E tmbém pelo amor e carinho que recebeu dos familiares, colegas de trabalho, amigos, pacientes, da vigilância de Itabuna e pelo envio de energia positivas. Layane ainda destacou o cartão virtual de apoio enviado pelo HRCC durante seu isolamento: “muito importante para mim e para minha equipe do segundo B. Foi doloroso para mim e para outros amigos ficarmos afastados e agradecemos a todos pelo cuidado e por nos apoiar como profissionais”.

Para o médico Almir Gonçalves, diretor assistencial do HRCC, é gratificante ver esses esforços simultâneos e a cooperação de todos empenhados em ofertar melhores serviços de saúde. “Aqui trabalhamos com as equipes coesas, muito dedicadas ao trabalho. O reconhecimento, como esse de Layane, demonstra que nós estamos propiciando um bom ambiente de trabalho, com sinergia. Isso reflete positivamente na assistência aos pacientes”, concluiu.

Galeria de Fotos

Share Button
Onde nos encontrar?

Av. Luís Tarquínio Pontes, n° 2576 Edifício Vilas Business, Sala 503, Bairro: Buraquinho, Lauro de Freitas-Bahia, CEP: 42.709-190

E-MAIL: 

institucional@ibdah.org.br

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta: 07h às 17h

Siga-nos

© 2017 ibdah - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar.